Impala

António Costa pede a Matteo Renzi que mantenha “participação ativa” no projeto europeu

O primeiro-ministro de Portugal disse desejar que a “decisão lúcida e muito corajosa” tomada no domingo pelo chefe do executivo italiano “não comprometa a participação ativa” de Matteo Renzi no projeto europeu.

Torres Novas, Santarém, 05 dez (Lusa) — O primeiro-ministro de Portugal disse hoje desejar que a “decisão lúcida e muito corajosa” tomada no domingo pelo chefe do executivo italiano “não comprometa a participação ativa” de Matteo Renzi no projeto europeu.


António Costa, que hoje visitou a fábrica da Renova, em Torres Novas, no distrito de Santarém, reagia à demissão do primeiro-ministro de Itália após o resultado do referendo realizado no domingo.


O primeiro-ministro português espera que aquele país “rapidamente reencontre estabilidade política e tenha condições para continuar a ser um dos grandes motores do projeto europeu como tem sido desde a sua fundação”.


A Matteo Renzi, o primeiro-ministro português desejou “sucesso nas suas próximas iniciativas” e que mantenha a participação ativa no projeto europeu, “porque tem muito a dar, é uma força de energia, de criatividade, de combatividade que fará muita falta à Europa se se retirar do Conselho Europeu”.



MLL // ZO


Lusa/fim


RELACIONADOS

António Costa pede a Matteo Renzi que mantenha “participação ativa” no projeto europeu

O primeiro-ministro de Portugal disse desejar que a “decisão lúcida e muito corajosa” tomada no domingo pelo chefe do executivo italiano “não comprometa a participação ativa” de Matteo Renzi no projeto europeu.