Macron apela ao fim da escalada de confrontação entre Israel e o Irão

Macron apela ao fim da escalada de confrontação entre Israel e o Irão

O presidente francês, Emmanuel Macron, apelou hoje ao fim da escalada de confrontação entre Israel e o Irão na sequência dos ataques ocorridos em território sírio e nos Montes Golan.

Aix-la-Chapelle, França, 10 mai (Lusa) — O presidente francês, Emmanuel Macron, apelou hoje ao fim da escalada de confrontação entre Israel e o Irão na sequência dos ataques ocorridos em território sírio e nos Montes Golan.


Fontes do gabinete da presidência francesa disseram à France Presse que Macron apela ao fim da escalada e que vai abordar o assunto com a chanceler alemã Angela Merkel no encontro que vai decorrer em Aix-la-Chapelle, França.


As forças iranianas na Síria dispararam na noite de quarta-feira duas dezenas de projéteis, como foguetes, contra as forças israelitas na parte dos montes Golan ocupada por Israel, declarou o exército israelita.


Os projéteis, alguns dos quais foram intercetados pelo sistema de defesa antimíssil israelita, não causaram vítimas e o exército israelita retaliou, indicou aos jornalistas o porta-voz do exército israelita.


Entretanto, o ministro da Defesa de Israel, Avigdor Lieberman, anunciou que as Forças Armadas israelitas bombardearam “quase todas” as infraestruturas iranianas na Síria em resposta aos ataques sírios contra posições nos Montes Golan.


“Nós bombardeamos quase todas as infraestruturas iranianas na Síria. Eles devem ter presente o ditado que diz que ‘se nos molham com chuva nós fazemos cair uma tempestade por cima deles'”, afirmou Lieberman.


“Espero que este episódio esteja fechado e que eles tenham compreendido”, acrescentou o ministro da Defesa de Israel.



PSP // SB

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Macron apela ao fim da escalada de confrontação entre Israel e o Irão

O presidente francês, Emmanuel Macron, apelou hoje ao fim da escalada de confrontação entre Israel e o Irão na sequência dos ataques ocorridos em território sírio e nos Montes Golan.