Impala

Petróleo termina 2016 com forte recuperação após acordo para reduzir a produção

O petróleo termina 2016 com uma forte recuperação graças ao acordo para reduzir a produção, o que deixa para trás a debilidade que se viveu durante parte do ano, com o barril a negociar abaixo dos 28 dólares.

Londres, 30 dez (Lusa) – O petróleo termina 2016 com uma forte recuperação graças ao acordo para reduzir a produção, o que deixa para trás a debilidade que se viveu durante parte do ano, com o barril a negociar abaixo dos 28 dólares.


O barril de Brent, para entrega em fevereiro, começou o último dia útil do ano a negociar nos 56,13 dólares, mas durante a sessão valorizou até aos 56,79 dólares, antes das 12:00.


O Brent, que serve de referência na Europa, consolidou a tendência de crescimento durante o mês de dezembro, depois do histórico acordo alcançado em 30 de novembro com a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) para reduzir a produção em 1,2 milhões de barris por dia, limitando-a a 32,5 milhões de barris diários.


No início do ano, o preço do petróleo baixou para valores mínimos, tendo o mais baixo sido alcançado em 20 de janeiro, nos 27,10 dólares, um ano e meio depois de o barril ter alcançado os 110 dólares, em agosto de 2014.


Também a cotação do barril de Texas, referência nos Estados Unidos, se desmoronou e chegou a valer 29,42 dólares, o nível mais baixo desde novembro de 2003.



JNM // CSJ


Lusa/Fim


RELACIONADOS

Petróleo termina 2016 com forte recuperação após acordo para reduzir a produção

O petróleo termina 2016 com uma forte recuperação graças ao acordo para reduzir a produção, o que deixa para trás a debilidade que se viveu durante parte do ano, com o barril a negociar abaixo dos 28 dólares.