Impala

Pestana vai abrir 2.º hotel em Nova Iorque, num investimento de 25 milhões de dólares

O grupo Pestana anunciou que vai abrir um segundo hotel em Manhattan, Nova Iorque, o Pestana NY East, num investimento avaliado em 25 milhões de dólares (23,3 milhões de euros).

Lisboa, 06 dez (Lusa) — O grupo Pestana anunciou hoje que vai abrir um segundo hotel em Manhattan, Nova Iorque, o Pestana NY East, num investimento avaliado em 25 milhões de dólares (23,3 milhões de euros).


“As obras vão arrancar em janeiro de 2017 e a abertura do hotel está prevista para o verão de 2018”, disse José Roquette, administrador do grupo Pestana com o pelouro do desenvolvimento estratégico, adiantando que a nova unidade hoteleira terá 96 quartos e será “um Hotel boutique”.


Durante a apresentação, em Lisboa, da estratégia do grupo Pestana Hotel para o futuro, José Roquette explicou que, depois da consolidação na América do Sul, os Estado Unidos (EUA) surgem como o próximo mercado a apostar.


“Depois de termos consolidado a nossa posição na América do Sul, o natural seria ir para os Estados Unidos”, disse o gestor, que vê naquele mercado um “potencial para ser muito mais do que o Brasil já foi para as empresas portuguesas”.


Nos últimos cinco anos, o grupo Pestana fez 15 hotéis e “quer fazer mais vinte nos próximos cinco”, indicou ainda o administrador, lembrando tratar-se do “plano mais ambicioso de sempre”, que assinala “um momento de crescimento ímpar” para a cadeia hoteleira.


No final de 2016, o grupo Pestana “vai ter o melhor ano de sempre” ao nível dos seus resultados, garantiu o gestor.


O novo hotel em Manhattan localizar-se-á em East Side, na mesma rua do Pestana CR7, sendo que as duas unidades hoteleiras deverão abrir as portas na mesma altura, isto é, no verão de 2018.


Fundada por Dionísio Pestana, o grupo hoteleiro aumentará assim para quatro o número de unidades nos Estados Unidos.


O novo hotel, que é propriedade integral do grupo e localizar-se-á num espaço mais tranquilo de Nova Iorque do que o da marca CR7.


“O CR7 está no lado mais agitado da rua e este numa zona mais calma”, esclareceu o gestor.


Com estes dois hotéis de Manhattan, a futura unidade de Newark e o hotel em Miami, o grupo passa a disponibilizar 500 quartos naquele país.


Na estratégia do grupo Pestana, a Europa assume também um especial relevo, uma vez que o grupo “é forçado” a competir com os melhores do mundo.


Assim, prepara-se para abrir unidades hoteleiras em Madrid e Amesterdão e olha para o Reino Unido e Alemanha, podendo avançar para um destes dois mercados com a marca CR7.


Até 2020, o grupo Pestana vai investir 200 milhões de euros, sendo que 10 projetos vão localizar-se em Portugal e os restantes fora do País, atingindo os 3.000 quartos.


“Neste período, teremos a maior fase de crescimento de sempre do grupo Pestana”, salientou o gestor.



JS// ATR


Lusa/Fim


RELACIONADOS

Pestana vai abrir 2.º hotel em Nova Iorque, num investimento de 25 milhões de dólares

O grupo Pestana anunciou que vai abrir um segundo hotel em Manhattan, Nova Iorque, o Pestana NY East, num investimento avaliado em 25 milhões de dólares (23,3 milhões de euros).