Impala

Escassez de combustível em Maputo devido a problemas logísticos

A província de Maputo regista, desde quinta-feira, uma escassez de combustível devido a problemas logísticos, informou fonte da Direção Nacional dos Combustíveis do Ministério dos Recursos Minerais e Energia.

Maputo, 30 jan (Lusa) — A província de Maputo regista, desde quinta-feira, uma escassez de combustível devido a problemas logísticos, informou hoje fonte da Direção Nacional dos Combustíveis do Ministério dos Recursos Minerais e Energia.


“Tivemos alguns problemas logísticos no transporte”, afirmou Moisés Paulino, diretor Nacional de Combustíveis, durante uma conferência de imprensa em Maputo.


Moisés Paulino afirmou que o Governo moçambicano estava a envidar esforços para resolver o problema até ao final do dia.


“Logo no início, quando sentimos esta rotura, fizemos um trabalho com as gasolineiras no sentido de repormos o `stock´ de combustíveis”, acrescentou Moisés Paulino, que aponta a massificação do uso de gás em viaturas como uma alternativa para fazer face a situações similares.


“Nós temos gás aqui e é por isso que agora estamos a tentar incentivar o uso deste recurso”, declarou Diretor Nacional de Combustíveis.


A capital moçambicana e a cidade da Matola, ambas no sul do país, foram as mais afetadas pela rotura, que gerou pânico e, nas redes sociais, especulações sobre um possível aumento de preço de combustível.



EYAC // VM

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Escassez de combustível em Maputo devido a problemas logísticos

A província de Maputo regista, desde quinta-feira, uma escassez de combustível devido a problemas logísticos, informou fonte da Direção Nacional dos Combustíveis do Ministério dos Recursos Minerais e Energia.