Impala

Empresas portuguesas são das que menos recorrem à publicidade ‘online’ – Eurostat

Apenas 15% das empresas em Portugal recorreram à publicidade em linha em 2016, o segundo valor mais baixo da União Europeia (UE), apenas à frente da Roménia (12%), de acordo com dados divulgados em Bruxelas pelo Eurostat.

Bruxelas, 14 dez (Lusa) — Apenas 15% das empresas em Portugal recorreram à publicidade em linha em 2016, o segundo valor mais baixo da União Europeia (UE), apenas à frente da Roménia (12%), de acordo com dados hoje divulgados em Bruxelas pelo Eurostat.


O estudo do gabinete oficial de estatísticas da UE sobre a utilização da publicidade na Internet pelas empresas revela que, em média, 77% das empresas nos 28 Estados-membros (com mais de 10 trabalhadores) têm um sítio de Internet, 45% utilizam as redes sociais e 25% recorrem à publicidade ‘online’, apresentando Portugal resultados abaixo da média comunitária nos três casos.


Em Portugal, 64% das empresas têm o seu sítio de Internet, 44% utilizam as redes sociais e somente 15% fazem publicidade em linha.


As proporções mais altas de empresas que recorrem à publicidade na Internet foram registadas em Malta (46%), Suécia (42%) e Dinamarca (40%), sendo que o tipo de publicidade ‘online’ mais procurado pelas empresas, na generalidade da União, é a chamada publicidade contextual, ou seja, a utilização de informações provenientes do conteúdo das páginas de Internet visitadas pelos internautas ou as palavras-chave introduzidas por estes nas suas buscas.



ACC// ATR


Lusa/fim


RELACIONADOS

Empresas portuguesas são das que menos recorrem à publicidade ‘online’ – Eurostat

Apenas 15% das empresas em Portugal recorreram à publicidade em linha em 2016, o segundo valor mais baixo da União Europeia (UE), apenas à frente da Roménia (12%), de acordo com dados divulgados em Bruxelas pelo Eurostat.