Impala

Empresas do setor automóvel aumentam 1,7% em 2015 e representam 4% do total – BdP

O número de empresas do setor automóvel aumentou 1,7% em 2015, face ao ano anterior, para 15 mil, o equivalente a 4% do total de empresas em Portugal, de acordo com dados divulgados pelo Banco de Portugal (BdP).

Lisboa, 02 dez (Lusa) — O número de empresas do setor automóvel aumentou 1,7% em 2015, face ao ano anterior, para 15 mil, o equivalente a 4% do total de empresas em Portugal, de acordo com dados hoje divulgados pelo Banco de Portugal (BdP).


“A relevância do setor automóvel no total das empresas era similar à registada em 2011, ainda que o peso do setor tenha aumentado 0,6 pontos percentuais no que se refere ao volume de negócios”, refere a instituição num estudo sobre o setor automóvel.


O aumento das empresas em atividade denota, segundo o BdP, uma recuperação do setor “perante a relativa estagnação registada nos anos anteriores”.


De acordo com o estudo, em 2015, por cada empresa do setor que cessou atividade, foram criadas 1,3 novas empresas, com o rácio de natalidade/mortalidade a atingir nesse ano o máximo do período em análise, em virtude da redução da taxa de mortalidade em 0,5 pontos percentuais e do aumento da taxa de natalidade em 1,2 pontos percentuais.


De entre os segmentos de atividade que compõem o setor, o comércio automóvel destacava-se ao representar 97% das empresas e 69% do volume de negócios e das pessoas ao serviço do setor em 2015.


À semelhança do total das empresas, o setor era maioritariamente constituído por microempresas (90% das empresas), no entanto, as grandes empresas eram responsáveis pela maior parcela do volume de negócios (47%, apesar de representarem apenas 0,4% das empresas).


As Pequenas e Médias Empresas (PME) agregavam a maior parcela do número de pessoas ao serviço (40%) e eram responsáveis por 41% do volume de negócios do setor, representando 10% das empresas.


O distrito de Lisboa agregava 35% do volume de negócios do setor, seguido dos distritos do Porto (16%) e de Setúbal (13%).


O setor assumia maior relevância em Bragança, onde totalizava 37% do volume de negócios das empresas aí sediadas.


Continuando a recuperação observada a partir de 2012, o volume de negócios do setor automóvel aumentou 14% em 2015, um crescimento superior ao verificado no total das empresas (2%), embora similar ao registado em 2014.


A rendibilidade dos capitais próprios do setor foi de 6% em 2015, valor idêntico ao observado em 2014 e inferior ao registado no total das empresas (7%).


A fabricação automóvel apresentou uma rendibilidade mais elevada, 14%, que compara com 0,6% no comércio automóvel, refere ainda o BdP.



ICO // MSF


Lusa/Fim


RELACIONADOS

Empresas do setor automóvel aumentam 1,7% em 2015 e representam 4% do total – BdP

O número de empresas do setor automóvel aumentou 1,7% em 2015, face ao ano anterior, para 15 mil, o equivalente a 4% do total de empresas em Portugal, de acordo com dados divulgados pelo Banco de Portugal (BdP).