Impala

BMW chama à revisão quase 200 mil carros na China

O fabricante automóvel alemão BMW vai chamar à revisão quase 200 mil carros na China devido a falhas nos sistemas de ‘airbag’, de acordo com o regulador do país e com a empresa.

Pequim, 26 dez (Lusa) — O fabricante automóvel alemão BMW vai chamar à revisão quase 200 mil carros na China devido a falhas nos sistemas de ‘airbag’, de acordo com o regulador do país e com a empresa.


Segundo um comunicado da entidade responsável pela supervisão da qualidade, inspeção e quarentena da China, 168.861 carros importados produzidos entre dezembro de 2005 e dezembro de 2011, e 24.750 veículos produzidos localmente entre julho de 2005 e dezembro de 2011 vão ser chamados às oficinas.


De acordo com o regulador chinês, os geradores de gás nos sistemas de ‘airbag’ defeituosos podem quebrar-se inesperadamente, gerando estilhaços que representam uma ameaça à segurança dos ocupantes.


A empresa vai substituir os geradores de gás defeituosos nos ‘airbags’ gratuitamente, é indicado.


Este mês, a BMW China anunciou que iria chamar às oficinas 22.543 BMW e Rolls-Royce importados também devido a problemas nos ‘airbags’.



ISG//ISG


Lusa/fim


RELACIONADOS

BMW chama à revisão quase 200 mil carros na China

O fabricante automóvel alemão BMW vai chamar à revisão quase 200 mil carros na China devido a falhas nos sistemas de ‘airbag’, de acordo com o regulador do país e com a empresa.