Impala

Balança comercial do Brasil regista melhor excedente desde 2006

As exportações do Brasil superaram em 2016 as importações em 47,6 mil milhões de dólares (45,4 mil milhões de euros), ultrapassando o recorde alcançado em 2006, anunciou hoje o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

São Paulo, Brasil, 02 jan (Lusa) – As exportações do Brasil superaram em 2016 as importações em 47,6 mil milhões de dólares (45,4 mil milhões de euros), ultrapassando o recorde alcançado em 2006, anunciou hoje o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.


Este foi o melhor resultado da balança comercial brasileira em toda a série histórica, iniciada em 1989, e superou o recorde anterior de 2006 quando o país registou um excedente de 46,5 mil milhões de dólares (44,4 mil milhões de euros).


Em todo o ano de 2016 as exportações brasileiras totalizaram 185,2 mil milhões de dólares (176,9 mil milhões de euros) e as importações foram de 137,5 mil milhões de dólares (131,3 mil milhões de euros).


Apesar do saldo recorde, o Brasil vive uma grave recessão económica e apenas conseguiu o resultado positivo porque as importações caíram 20%, dado que regista uma velocidade muito maior do que o recuo das exportações, que foi de 3,18%.


Quando se considera a média diária, os dados divulgados pelo Governo brasileiro indicam que as exportações passaram de 764 milhões de dólares (729,9 milhões de euros) para 738 milhões de dólares (705 milhões de euros).


Já as importações nesta média diária passaram de 685 milhões de dólares (654 milhões de euros) para 548 milhões de dólares (523,5 milhões de euros).



CYR // EL


Lusa/Fim


RELACIONADOS

Balança comercial do Brasil regista melhor excedente desde 2006

As exportações do Brasil superaram em 2016 as importações em 47,6 mil milhões de dólares (45,4 mil milhões de euros), ultrapassando o recorde alcançado em 2006, anunciou hoje o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.