Impala

Autoridades moçambicanas realizam maior apreensão de madeira de sempre

As autoridades moçambicanas realizaram a maior apreensão de sempre de madeira, num total de 1.300 toneladas em toros, que ia ser exportada ilegalmente para a China, anunciou fonte oficial citada pela emissora pública Rádio Moçambique.

Maputo, 06 dez (Lusa) – As autoridades moçambicanas realizaram a maior apreensão de sempre de madeira, num total de 1.300 toneladas em toros, que ia ser exportada ilegalmente para a China, anunciou hoje fonte oficial citada pela emissora pública Rádio Moçambique.


A diretora da Agência de Controlo de Qualidade Ambiental no Ministério da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural, Olívia Amosse, afirmou que, no total, foram apreendidos 42 mil metros cúbicos de madeira em toros, no porto de Nacala, província de Nampula, norte do país.


Caso tivesse sido concretizada, a exportação ilegal teria lesado o país em 60 milhões de meticais (mais de 757 mil euros), acrescentou Amosse.


“Tendo sido confiscada, o passo seguinte será a venda em hasta pública”, declarou a diretora da Agência de Controlo de Qualidade Ambiental.


Segundo Olívia Amosse, as pessoas envolvidas serão acusadas de tentativa de exportação ilegal de madeira.


Na semana passada, a Assembleia da República de Moçambique aprovou uma emenda legislativa que proíbe a exportação de madeira em toros, num esforço que visa estancar a deflorestação do país.



PMA // JMR


Lusa/Fim


RELACIONADOS

Autoridades moçambicanas realizam maior apreensão de madeira de sempre

As autoridades moçambicanas realizaram a maior apreensão de sempre de madeira, num total de 1.300 toneladas em toros, que ia ser exportada ilegalmente para a China, anunciou fonte oficial citada pela emissora pública Rádio Moçambique.