Impala

Trinta e duas escolas premiadas pela valorização linguística e cultural

Trinta e duas escolas, públicas e do ensino particular e cooperativo, vão ser hoje premiadas com o Selo de Escola Intercultural pelo trabalho que desenvolveram na valorização da diversidade linguística e cultural no estabelecimento de ensino.

Lisboa, 12 jan (Lusa) — Trinta e duas escolas, públicas e do ensino particular e cooperativo, vão ser hoje premiadas com o Selo de Escola Intercultural pelo trabalho que desenvolveram na valorização da diversidade linguística e cultural no estabelecimento de ensino.


A atribuição do prémio vai na sua quarta edição, numa iniciativa promovida pela Direção-geral de Educação, Alto Comissariado para as Migrações e o apoio da Fundação Aga Khan Portugal.


Em comunicado, o Ministério da Educação dá conta de que na edição deste ano vão ser premiados 32 estabelecimentos de ensino da rede pública e do ensino particular e cooperativo.


O Selo de Escola Intercultural serve para destacar os projetos educativos daquelas escolas e as práticas que desenvolveram no sentido de reconhecer e valorizar a diversidade linguística e cultural.


“Esta distinção consiste na atribuição de um certificado e de um selo digital que as escolas podem utilizar dois anos letivos consecutivos”, explica o Ministério da Educação.


Na cerimónia de entrega dos selos vão estar presentes a secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Catarina Marcelino, e o secretário de Estado da Educação, João Costa.


O evento decorre, a partir das 15:00, no Centro Ismaili, em Lisboa, com partilha de testemunhos e dois momentos culturais, através do Grupo de Dança Nepalesa, da Escola Secundária Luís de Camões, e o ‘Pano para Mangas’, da Escola de Dança do Orfeão de Leiria.


SV // JMR


Lusa/fim


RELACIONADOS

Trinta e duas escolas premiadas pela valorização linguística e cultural

Trinta e duas escolas, públicas e do ensino particular e cooperativo, vão ser hoje premiadas com o Selo de Escola Intercultural pelo trabalho que desenvolveram na valorização da diversidade linguística e cultural no estabelecimento de ensino.