polícia,
Impala

Tempestade Ana: Centenas de quedas de árvores e estruturas no Porto e em Lisboa

Centenas de quedas de árvores e estruturas foram registadas nos distritos do Porto e de Lisboa entre as 00:00 e as 06:30 de hoje, sem causar vítimas, segundo os CDOS.

Centenas de quedas de árvores e estruturas foram registadas nos distritos do Porto e de Lisboa entre as 00:00 e as 06:30 de hoje, sem causar vítimas segundo os Comandos Distritais de Operações de Socorro (CDOS).

Em declarações à agência Lusa, uma fonte do CDOS de Lisboa adiantou que entre as 00:00 e as 06:30 foram registadas mais de 300 ocorrências, sendo a maioria quedas de árvores e estruturas, mas também foram reportadas pequenas inundações, que não fizeram quaisquer vítimas.

“Registámos depois das 00:00 mais de 300 ocorrências que contaram com 1.200 operacionais, com o auxílio de 338 veículos. Entre estes operacionais estiveram envolvidos, bombeiros, PSP, GNR, veículos de reboque e assistência e Infraestruturas de Portugal”, adiantou a mesma fonte.

De acordo com a fonte do CDOS de Lisboa, os pedidos de auxílio diziam respeito sobretudo a quedas de árvores e de estruturas como por exemplo placards.

“O estado do tempo acalmou bastante o que ajudou à diminuição do número de ocorrências. Contudo, estamos a prever que este número venha a aumentar com o nascer do dia, com a saída das pessoas para a rua. Nessa altura, vamos ter noção maior dos estragos também”, disse.

No que diz respeito ao distrito do Porto, uma fonte do CDOS disse à Lusa que desde as 00:00 foram registadas mais de 200 ocorrências sobretudo de quedas de árvores e estruturas e pequenas inundações.

“Entretanto, ao longo da noite com a melhoria do estado do tempo diminui também o número de ocorrências”, disse a mesma fonte, salientando “não ter havido registo de vítimas, nem casas desalojadas, nem situações de desalojados”.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) tinha previsto que a partir das 03:00 a tempestade Ana começasse a perder intensidade e a dissipar-se.

De acordo com o Instituto, para hoje está prevista uma descida das temperaturas, aguaceiros, diminuindo de frequência e intensidade, possibilidade de trovoada e granizo e queda de neve acima de 800 metros.

Mais de 9.300 operacionais da Proteção Civil, incluindo bombeiros, elementos do Instituto Nacional de Emergência Médica de Portugal (INEM) e Guarda Nacional Republicana (GNR), estão destacados desde o início de domingo por causa da passagem pelo continente da tempestade Ana.

Outros artigos em destaque

Presidente da Raríssimas reage às acusações e é imediatamente atacada
Mulher adota órfão de 7 anos que pesava apenas 4,5 kg
Georgina sobe ao palco com Ronaldo e recebe presente para Alana Martina
Carrilho exalta-se em tribunal: «Quem bate é a mãe!»
Cristina Avides Moreira: rosto da dor no adeus a Zé Pedro
Autor do disparo que matou segurança tem 17 anos
seguranças privados
#3 Grande Reportagem | Seguranças privados: Das balas ao coração (vídeo)
25 motivos que levam as mulheres a querer sexo


RELACIONADOS

Tempestade Ana: Centenas de quedas de árvores e estruturas no Porto e em Lisboa

Centenas de quedas de árvores e estruturas foram registadas nos distritos do Porto e de Lisboa entre as 00:00 e as 06:30 de hoje, sem causar vítimas, segundo os CDOS.