Sílvia Belo Câmara nomeada diretora-geral das Artes em regime de substituição

Sílvia Belo Câmara nomeada diretora-geral das Artes em regime de substituição

A antiga responsável pela Galeria de Arte Urbana da Câmara de Lisboa Sílvia Belo Câmara, foi nomeada diretora-geral das Artes, em regime de substituição.

Lisboa, 11 mai (Lusa) — A antiga responsável pela Galeria de Arte Urbana da Câmara de Lisboa Sílvia Belo Câmara, foi nomeada diretora-geral das Artes, em regime de substituição, e entra em funções na segunda-feira, anunciou hoje o Ministério da Cultura.


Num comunicado hoje divulgado, o ministério adianta que “será solicitada à Comissa~o de Recrutamento e Selec¸a~o para a Administrac¸a~o Pu´blica (CReSAP) a abertura de um concurso para provimento do respetivo cargo”.


Sílvia Belo Câmara, natural de Lisboa, é licenciada em Relações Públicas e Publicidade pelo Instituto Superior de Novas Profissões e, em 1998, efetuou uma pós-graduação em Ciências Políticas e Internacionais, na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, e, em 2001, o mestrado em Teoria e Ciência Política, no Instituto de Estudos Políticos da Universidade Católica Portuguesa.


É mestre em História da Arte, com especialização em História de Arte Contemporânea, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (2009).


A nova diretora-geral das Artes, em regime de substituição, iniciou a carreira profissional no jornalismo e, em 2009, assumiu a coordenação, segundo o comunicado ministerial, de “todas as áreas de atuação da Galeria de Arte Urbana da Câmara Municipal de Lisboa, no contexto do trabalho que concretizou no Departamento de Património Cultural”, no qual desenvolvera, antes, “atividades no domínio da investigação, da inventariação, da comunicação, da produção de eventos, da publicação e da conservação e restauro”.


“Previamente e também no contexto do Município de Lisboa, desempenhou funções na Divisão de Património Cultural, bem como na Divisão de Relações Públicas e Protocolo”, adianta o comunicado do Ministério da Cultura.


Sílvia Belo Câmara era assessora do gabinete do atual secretário de Estado da Cultura, Miguel Honrado, desde 2016.


O comunicado acrescenta, em conclusão, que Sílvia Belo Câmara publicou artigos em revistas científicas fez palestras em diversos seminários e conferências, a nível nacional e internacional.



NL // MAG

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Sílvia Belo Câmara nomeada diretora-geral das Artes em regime de substituição

A antiga responsável pela Galeria de Arte Urbana da Câmara de Lisboa Sílvia Belo Câmara, foi nomeada diretora-geral das Artes, em regime de substituição.