Receitas estatais com exploração de madeira disparam em Moçambique - Governo

Receitas estatais com exploração de madeira disparam em Moçambique – Governo

O Estado moçambicano aumentou a receita anual da exploração de madeira de 500 mil meticais (sete mil euros) para cinco mil milhões (70 milhões de euros), como resultado do combate ao contrabando e corte ilegal, indicou hoje o executivo.

Maputo, 17 mai (Lusa) – O Estado moçambicano aumentou a receita anual da exploração de madeira de 500 mil meticais (sete mil euros) para cinco mil milhões (70 milhões de euros), como resultado do combate ao contrabando e corte ilegal, indicou hoje o executivo.


“Os resultados da Operação Tronco são claros: nos últimos três anos, o Governo conseguiu aumentar a receita do setor de florestas”, afirmou na quarta-feira o ministro da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural, Celso Correia, falando na Assembleia da República.


“Tínhamos, em média, cerca de 500 mil meticais [de receitas anuais] e subimos para cinco biliões de meticais”, acrescentou.


O governante falava em resposta a questões colocadas pelos deputados numa sessão de dois dias (quarta-feira e hoje) de perguntas ao executivo.


“Com esta subida de receita, é possível, hoje, tomar a decisão de investir, em primeiro lugar, para resolver um problema social” que é a falta de mobiliário escolar que leva “mais de três milhões de alunos a estudarem no chão” no ensino primário, declarou.


Celso Correia referia-se ao facto de o executivo ter anunciado que a madeira ilegal apreendida no âmbito da Operação Tronco seria usada para o fabrico de carteiras escolares.


O ministro apontou a desflorestação como um grande desafio para o ambiente em Moçambique.


“A principal razão do desmatamento em Moçambique é a prática da agricultura itinerante, prática responsável por cerca de 68% do desmatamento”, sublinhou.


A produção de carvão vegetal, exploração ilegal da madeira e o processo de são outros fatores.



PMA // EL

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Receitas estatais com exploração de madeira disparam em Moçambique – Governo

O Estado moçambicano aumentou a receita anual da exploração de madeira de 500 mil meticais (sete mil euros) para cinco mil milhões (70 milhões de euros), como resultado do combate ao contrabando e corte ilegal, indicou hoje o executivo.