Impala

Programa de monitorização da costa tem três milhões de euros para ações de proteção

O programa de monitorização da costa de Portugal continental terá três milhões de euros para melhorar o acesso a informação sobre este problema e realizar ações para conhecer melhor e proteger praias, dunas e arribas.

Lisboa, 12 jan (Lusa) – O programa de monitorização da costa de Portugal continental terá três milhões de euros para melhorar o acesso a informação sobre este problema e realizar ações para conhecer melhor e proteger praias, dunas e arribas.


O ministro do Ambiente, João Matos Fernandes, vai apresentar o Programa de Monitorização da Faixa Costeira de Portugal Continental (COSMO) na sexta-feira na Figueira da Foz, segundo informação hoje divulgada pelo Ministério.


“Consciente da relevância estratégica assumida pelo litoral português no âmbito ambiental e económico, o Governo considerou necessária a definição de um Programa de Monitorização da Faixa Costeira para permitir a execução de ações de proteção e valorização da costa”, explica.


O investimento de três milhões de euros, refere o Ministério, “visa, essencialmente, melhorar a acessibilidade à informação sobre a dinâmica e tendências evolutivas da faixa costeira, por forma a dar suporte ao planeamento estratégico e gestão costeira”.


O programa COSMO vai prolongar-se por 36 meses e contempla a realização de trabalhos de monitorização das praias, dunas e arribas, como levantamentos topográficos e hidrográficos em vários locais da faixa costeira.


O objetivo é identificar “os problemas atuais, a programação das intervenções de gestão e proteção costeira, a avaliação do grau de sucesso das intervenções de engenharia e a compreensão dos impactos das intervenções no sistema costeiro”, acrescenta o Ministério do Ambiente.



EA // JMR


Lusa/Fim


RELACIONADOS

Programa de monitorização da costa tem três milhões de euros para ações de proteção

O programa de monitorização da costa de Portugal continental terá três milhões de euros para melhorar o acesso a informação sobre este problema e realizar ações para conhecer melhor e proteger praias, dunas e arribas.