Impala

Postos de Carregamento Rápido para carros elétricos instalados nas próximas semanas — Governo

O Ministério do Ambiente informou que nas “próximas semanas” serão instalados 14 postos de carregamento rápido de viaturas elétricas do projeto-piloto, e que continuam os trabalhos nas autoestradas A1, A6, A8, A22 e A23.

Lisboa, 03 jan (Lusa) — O Ministério do Ambiente informou hoje que nas “próximas semanas” serão instalados 14 postos de carregamento rápido (PCR) de viaturas elétricas do projeto-piloto, e que continuam os trabalhos nas autoestradas A1, A6, A8, A22 e A23.


Ao jornal Público, o ministro da tutela, João Matos Fernandes, tinha indicado 08 de janeiro como data limite para a instalação dos 14 carregadores e a “probabilidade elevadíssima de até essa data se instalarem mais oito carregadores nas áreas de serviço das autoestradas”.


Em resposta à Lusa, o gabinete do ministro referiu que “ao longo das próximas semanas” serão instalados PCR do projeto-piloto previstos para Aveiro, Évora, Lisboa, Cascais, Loures, Gaia, Porto, Matosinhos, Valença, Viana do Castelo, Vila Real e Coimbra.


“Paralelamente, continua a ser feita a instalação dos postos de carregamento rápido previstos para as áreas de serviço das autoestradas, pelo que nas próximas semanas serão também instalados postos na A1 (Autoestrada do Norte), A6 (Autoestrada do Alentejo Central), A8 (Autoestrada do Oeste), A22 (Via do Infante) e A23 (Autoestrada da Beira Interior)”, acrescentou.


Por seu lado, Henrique Sanchez, presidente do Conselho Diretivo da Associação de Utilizadores de Veículos Elétricos (UVE), afirmou ter recebido a confirmação da tutela de que decorrem as obras de instalação dos postos e até final de janeiro a “maioria dos PCR estão instalados”.


Depois do concurso público de atribuição da instalação a operadores da mobilidade elétrica, a UVE acrescentou que o primeiro PCR a funcionar é o de Vila Nova de Gaia.


Ainda segundo a UVE, em Aveiro, o posto ficará localizado no Rossio da cidade, enquanto em Braga a instalação será junto à central de camionagem, em Cascais na rua D. Francisco de Avilez e em Coimbra na Avenida Lousã.


Em Loures e em Matosinhos, os postos são colocados junto aos Paços do Concelho, no Porto estará na Avenida de França, em Valença na Avenida do Colégio Português e em Viana do Castelo próximo da Escola Frei Bartolomeu dos Mártires.


Em Vila Nova de Gaia, o posto funciona na Avenida Vasco da Gama, em Vila Real será junto do terminal rodoviário, em Évora na zona circular contígua à muralha da cidade, enquanto em Lisboa está prevista a colocação na coroa mais externa da cidade e na zona ocidental, entre o jardim de Santos e o limite da cidade com Oeiras.


Os PCR permitem o carregamento de 80% da bateria, em aproximadamente 20-30 minutos.


Quanto a preços, o ministério referiu que os valores serão acordados diretamente com os comercializadores de eletricidade para a mobilidade elétrica e “apenas serão cobrados aquando do início da fase de mercado, a ocorrer no primeiro semestre deste ano”.


Henrique Sanchez notou ainda que é também desconhecida a forma de cobrar os carregamentos, que pode ser por tempo, quilowatt.



PL // CSJ


Lusa/fim


RELACIONADOS

Postos de Carregamento Rápido para carros elétricos instalados nas próximas semanas — Governo

O Ministério do Ambiente informou que nas “próximas semanas” serão instalados 14 postos de carregamento rápido de viaturas elétricas do projeto-piloto, e que continuam os trabalhos nas autoestradas A1, A6, A8, A22 e A23.