Impala

Governo quer atrair para o ensino superior mais estudantes da via profissional

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, revelou na quinta-feira que o Governo pretende atrair para o ensino superior mais estudantes que terminem o 12.º ano via profissional, onde se registam as maiores taxas de abandono.

** Serviço áudio disponível em www.lusa.pt **



Viseu, 16 dez (Lusa) – O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, revelou na quinta-feira que o Governo pretende atrair para o ensino superior mais estudantes que terminem o 12.º ano via profissional, onde se registam as maiores taxas de abandono.


“Apenas cerca de 13 por cento dos estudantes que acabam o 12.º ano via profissional estão a ingressar no ensino superior. Há uma margem muito grande de captação, de cerca de 20 mil jovens por ano”, referiu.


Depois de uma reunião com docentes do Instituto Politécnico de Viseu, que decorreu ao final do dia, Manuel Heitor aludiu a “uma ação muito importante para captar estudantes” que está em curso.


“O Politécnico de Viseu, juntamente com outros, nomeadamente de Bragança, Leiria e Setúbal, estão a fazer uma ação muito importante para captar estudantes no ensino profissional. É aí, sobretudo, que estamos a atuar, com redes informais entre institutos politécnicos e escolas profissionais, informou.


De acordo com o governante, as regras de acesso ao ensino superior não serão alteradas “sem estar completo o debate público do documento que está em debate e que terá de ser feito com algum tempo”.


“O próprio conselho de politécnicos ainda não chegou a nenhuma conclusão. Não recebemos ainda nenhum parecer do conselho de reitores”, acrescentou.


No seu entender, a alteração das regras de acesso ao ensino superior é algo particularmente complexo.


“Estamos à espera que todos os atores do sistema tenham ideias e participem, porque tem de ser algo participado e coletivo”, concluiu.



CMM // SSS


Lusa/fim


RELACIONADOS

Governo quer atrair para o ensino superior mais estudantes da via profissional

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, revelou na quinta-feira que o Governo pretende atrair para o ensino superior mais estudantes que terminem o 12.º ano via profissional, onde se registam as maiores taxas de abandono.