DGArtes: Mais 43 candidaturas com apoio após reforço de verbas

DGArtes: Mais 43 candidaturas com apoio após reforço de verbas

Mais 43 entidades podem receber apoio, no Programa de Apoio Sustentado 2018-2021 da DGArtes, entre as quais o Teatro Experimental de Cascais, com o reforço para 81,5 milhões de euros.

Lisboa, 05 abr (Lusa) – Mais 43 entidades podem receber apoio, no Programa de Apoio Sustentado 2018-2021 da Direção Geral das Artes (DGArtes), entre as quais o Teatro Experimental de Cascais, com o reforço para 81,5 milhões de euros, hoje anunciado pelo Governo.


De acordo com a lista hoje disponibilizada pelo Ministério da Cultura, fixam-se agora em 183 (140 candidaturas iniciais mais 43), as “entidades culturais beneficiárias, no âmbito do concurso de apoio sustentado”, após o anúncio do novo reforço de 2,2 milhões de euros, a este programa, hoje feito pelo primeiro-ministro.


“O valor total destinado aos concursos de apoio sustentado para o ciclo 2018-2021 corresponde a 81,5 milhões de euros”, de acordo com a nota do Ministério, que acrescenta que, respeitando os períodos de audiência prévia previstos na lei, os resultados dos concursos podem ainda vir a ter alterações.


Centro Dramático de Évora, Orquestra de Câmara Portuguesa, A Escola da Noite, O Teatrão, c.e.m – centro em movimento, Cão Danado, Teatro dos Aloés, Chão de Oliva, Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica, Teatro Animação de Setúbal, Teatro Estúdio Fontenova são algumas das 43 candidaturas que agora se juntam às 140 “com proposta de apoio à candidatura”, dos resultados provisórios do Programa de Apoio Sustentado 2018-2021, da DGArtes.


Os concursos do Programa Sustentado da DGArtes, para os anos de 2018-2021, partiram com um montante global de 64,5 milhões de euros, em outubro, subiram aos 72,5 milhões, no início desta semana, perante a contestação no setor, e o secretário de Estado da Cultura, já tinha admitido, na terça-feira, em conferência de imprensa, a possibilidade de essa verba vir a ser reforçada, já este ano, numa articulação entre o Ministério da Cultura e o gabinete do primeiro-ministro.


Para 2018, o Programa de Apoio Sustentado tinha previsto inicialmente um montante de 15 milhões de euros, que agora ascende a 19,2 milhões com os dois reforços dos últimos dias, subindo a 81,5 milhões de euros, o montante global disponível para os quatro anos de vigência do programa.



CP/NL/SS // MAG

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

DGArtes: Mais 43 candidaturas com apoio após reforço de verbas

Mais 43 entidades podem receber apoio, no Programa de Apoio Sustentado 2018-2021 da DGArtes, entre as quais o Teatro Experimental de Cascais, com o reforço para 81,5 milhões de euros.