Idosa alvo de agressões em lar de idosos no Texas
Impala

Crime – Câmara oculta capta agressões em lar de idosos

Um lar de idosos nos Estados Unidos está a ser notícia pelos piores motivos. Uma mulher de 98 anos terá sido agredida continuamente no local e uma câmara oculta terá imagens que testemunham o ocorrido.

No mínimo chocante. Uma mulher de 98 anos terá sido brutalmente agredida num lar de idosos no Texas, Estados Unidos. Uma câmara oculta terá captado as agressões, isto depois de Minnie Graham (a idosa agredida) se queixar à família dos ataques constantes de que era alvo.

Agressões contínuas

Depois de surgir repetidamente com hematomas na zona da face, Minnie Graham decidiu queixar-se à família da perseguição que sofria. Desconfiados com a situação, os entes intercederam junto dos enfermeiros que trabalhavam no local, de forma a averiguar o que realmente se passaria com a idosa. Repetidas quedas da cadeira de rodas foram a justificação apontada para as marcas.

Câmara reveladora

Não satisfeitos com as justificações utilizadas pelo lar de idosos, a família de Minnie foi mais longe, decidindo colocar uma câmara oculta no quarta da quase centenária mulher. Mais tarde, e através das imagens obtidas, perceberam que Mrs. Graham estava a ser alvo de várias agressões físicas – para além de vários insultos verbais -, tratando de informar de imediato a polícia da zona. Dias mais tarde, a mulher acabaria mesmo por morrer.

A família enlutada pretende agora responsabilizar o lar pelos maus tratos à falecida mulher, estando o caso já a ser analisado pelos tribunais.


RELACIONADOS

Crime – Câmara oculta capta agressões em lar de idosos

Um lar de idosos nos Estados Unidos está a ser notícia pelos piores motivos. Uma mulher de 98 anos terá sido agredida continuamente no local e uma câmara oculta terá imagens que testemunham o ocorrido.