Covid-19: Índia ultrapassa nove milhões de casos do novo coronavírus

O número de casos do novo coronavírus ultrapassou a marca dos nove milhões na Índia, o segundo país mais afetado do mundo depois dos Estados Unidos, anunciaram hoje as autoridades de saúde.

Covid-19: Índia ultrapassa nove milhões de casos do novo coronavírus

Covid-19: Índia ultrapassa nove milhões de casos do novo coronavírus

O número de casos do novo coronavírus ultrapassou a marca dos nove milhões na Índia, o segundo país mais afetado do mundo depois dos Estados Unidos, anunciaram hoje as autoridades de saúde.

O SRAS-CoV-2 infetou mais de 9.004.000 pessoas na Índia e matou 132.162, de acordo com números oficiais indianos.

Muitos especialistas acreditam, porém, que os números reais são muito maiores, devido à subnotificação e ao número relativamente baixo de testes realizados na Índia.

O país oficialmente mais afetado pela pandemia continua a ser os Estados Unidos, que já registou 11,6 milhões de casos e mais de 250.000 mortes.

Segundo país mais populoso do mundo, com 1,3 mil milhões de habitantes, a Índia viu o seu número de novas infeções cair nas últimas semanas, mas ainda regista em média 45.000 novos casos por dia.

Nova Deli, que também enfrenta a sufocante poluição do ar no inverno, tem mais de meio milhão de casos e a progressão da doença está a acelerar nesta megalópole de mais de 20 milhões de habitantes.

Na quinta-feira, autoridades locais da capital decidiram quadruplicar a multa aplicada a quem não usar a máscara.

A Índia impôs um confinamento muito rígido em março, mas as restrições foram gradualmente suspensas por um Governo ansioso por reavivar as atividades económicas, já que milhões de empregos foram cortados desde o início da crise.

Especialistas explicam que isso ajudou a promover a progressão da epidemia, juntamente com a relutância em usar a máscara e o não cumprimento das regras de distanciamento social.

Em Nova Deli, a preocupação está a crescer, já que mais de 90% das camas de cuidados intensivos equipados com ventiladores estavam ocupadas na quinta-feira, de acordo com um aplicativo móvel do Governo.

Há famílias a apelar nas redes sociais ao ministro-chefe de Deli, Arvind Kejriwal, para encontrar camas. Sob pressão, Kejriwal anunciou na quinta-feira 1.400 camas adicionais de cuidados intensivos.

Diante deste quadro, as restrições estão a começar a ser reintroduzidas em alguns lugares do país.

As autoridades de Ahmedabad, principal cidade do estado de Gujarat (oeste) com mais de 5,5 milhões de habitantes, decidiram quinta-feira à noite impor a partir de hoje o recolher noturno obrigatório por tempo indeterminado e este fim de semana confinamento total, exceto para supermercados e farmácias, de hoje à noite até segunda-feira de manhã.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.350.275 mortos resultantes de mais de 56,2 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 3.701 pessoas dos 243.009 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

CSR // FPA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS