Impala

Autoridade Marítima alerta para agravamento do estado do mar nas próximas horas

A Autoridade Marítima Nacional alertou para o agravamento do estado do mar nas próximas horas na faixa litoral do continente, prevendo-se ondas que podem atingir os quatro metros e ventos fortes.

Lisboa, 02 jan (Lusa) — A Autoridade Marítima Nacional alertou hoje para o agravamento do estado do mar nas próximas horas na faixa litoral do continente, prevendo-se ondas que podem atingir os quatro metros e ventos fortes.


Em comunicado, a Autoridade Marítima Nacional alertou a comunidade marítima e a população que frequente as zonas costeiras para a previsão de ventos fortes e agravamento do estado do mar, com ondas que podem atingir os quatro metros de altura.


Por causa do mau tempo, a autoridade marítima aconselha a população a adotar medidas de segurança e de prevenção no mar e em terra junto à costa.


A autoridade recomendou à comunidade marítima que reforce a “amarração e faça uma vigilância cuidada das suas embarcações atracadas, bem como a consulta regular, durante o dia de hoje, dos avisos à navegação e da previsão meteorológica e outras informações sobre a praticabilidade dos portos, junto das capitanias dos portos”.


É também recomendado que se evite sair para o mar até que as condições melhorem.


“Para quem por necessidade profissional tenha de estar no mar, recomenda-se que se certifique do estado de conservação dos equipamentos de salvação individuais e coletivos, aproveitando para recordar as boas práticas para o seu uso, bem como assegure que os equipamentos rádio e de emissão de alertas, radiobalizas de emergência, se encontram em bom estado de funcionamento”, aconselhou a Autoridade Marítima.


Na nota, é também aconselhada cautela aos pescadores lúdicos, evitando pescar junto a zonas de arriba nas frentes costeiras normalmente utilizadas para a prática de pesca à cana.


“À população em geral recomenda-se evitar passear junto à costa e aproximar das zonas de rebentação, em especial junto aos molhes das entradas dos portos e zonas de praia”, é referido.


A Autoridade Marítima adiantou que as condições terão maior incidência ao longo de toda a faixa litoral oeste, situação que se manterá sem grandes alterações até ao final da manhã de terça-feira, dia 3 de janeiro.


O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou hoje os distritos de Leiria, Lisboa e Setúbal devido à previsão de chuva ou aguaceiros por vezes fortes e acompanhados de trovoada, ondas de sudoeste com 04 metros e vento do quadrante sul, com rajadas da ordem dos 80 quilómetros, em especial na faixa costeira.


Os distritos de Leiria, Lisboa e Setúbal vão estar sob ‘Aviso Amarelo’ entre as 12:00 e 21:00.


O instituto também os distritos de Beja, Faro e Coimbra estão sob ‘Aviso Amarelo’ devido à previsão de vento do quadrante sul, com rajadas até 80 quilómetros por hora, em especial na faixa costeira.


O aviso de vento para aqueles três distritos vai estar em vigor entre as 12:00 e as 21:00 de hoje.


O ‘Aviso Amarelo’, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, indica situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.



DD // JPS


Lusa/Fim


RELACIONADOS

Autoridade Marítima alerta para agravamento do estado do mar nas próximas horas

A Autoridade Marítima Nacional alertou para o agravamento do estado do mar nas próximas horas na faixa litoral do continente, prevendo-se ondas que podem atingir os quatro metros e ventos fortes.