Impala

António Capucho e Catarina Vaz Pinto entram na Fundação Berardo

O ex-autarca António Capucho e a atual vereadora da Câmara de Lisboa Catarina Vaz Pinto foram nomeados para o conselho de administração da Fundação de Arte Moderna e Contemporânea – Coleção Berardo, publica hoje o Diário da República.

Lisboa, 13 jan (Lusa) – O ex-autarca António Capucho e a atual vereadora da Câmara de Lisboa Catarina Vaz Pinto foram nomeados para o conselho de administração da Fundação de Arte Moderna e Contemporânea – Coleção Berardo, publica hoje o Diário da República.


De acordo com o despacho n.º 835/2017 do Diário da República, que designa os membros do conselho de administração da Fundação Coleção Berardo por parte do Estado, é também nomeado Elísio Summavielle, presidente da Fundação Centro Cultural de Belém.


Nos termos dos estatutos da Fundação Coleção Berardo, um dos membros do conselho de administração tem obrigatoriamente de ser membro do conselho de administração da Fundação Centro Cultural de Belém e Elísio Summavielle tinha sido nomeado em fevereiro do ano passado para o cargo, em substituição de António Lamas.


Ainda segundos os estatutos, o conselho de administração da fundação é composto por cinco membros, sendo dois designados pelo membro do Governo responsável pela área da cultura, dois nomeados pelo colecionador José Berardo, que preside, e um designado por acordo entre as partes.


Catarina Vaz Pinto foi o membro designado por comum acordo entre o ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, e o colecionador José Berardo, e António Capucho foi escolhido pela tutela.



AG // TDI


Lusa/Fim


RELACIONADOS

António Capucho e Catarina Vaz Pinto entram na Fundação Berardo

O ex-autarca António Capucho e a atual vereadora da Câmara de Lisboa Catarina Vaz Pinto foram nomeados para o conselho de administração da Fundação de Arte Moderna e Contemporânea – Coleção Berardo, publica hoje o Diário da República.