Apesar do último lugar, Cláudia Pascoal agradece as mensagens de apoio

Apesar do último lugar, Cláudia Pascoal agradece as mensagens de apoio

«O Jardim», interpretado pela vencedora do Festival da Canção e composto por Isaura, ficou em último lugar na final da Eurovisão, mas isso não parece desanimar Cláudia Pascoal.

Para uma inédita Eurovisão organizada em Portugal, após vitória de Salvador Sobral em Kiev no ano passado, o nosso país foi o principal derrotado na classificação do concurso. Este sábado, a música «O Jardim» ficou no último lugar da final da Eurovisão 2018 à medida que as opiniões se dividiram sobre a vitória de «Toy», da isrealita Netta Barzilai.

Portugal ficou em 26º lugar na final da Eurovisão, o último, com 39 pontos no total. 21 pontos do júri e 18 por televoto. Foi a oitava atuação na Altice Arena.

Todavia, isso parece que não irá desanimar a intérprete que representou Portugal nesta Eurovisão. Cláudia Pascoal agradeceu na rede social Instagram aos fãs por todo o apoio que foram enviando por mensagens e comentários e, acima de tudo, “a bonita canção da Isaura”.

Para Cláudia, a sua vida mudou por completo no último ano. “Há um ano atrás, não pensava estar no maior palco do mundo, partilhar esta experiência com uma equipa incrível e representar o meu país que tanto amo”, revelou a cantora. Esta ainda acrescenta, “posso só garantir-vos que dei o meu máximo e dei tudo de mim para vos fazer orgulhosos”.

Incrédula com todo o apoio, Cláudia Pascoal pretende partilhar a sua música com todos “brevemente”.


RELACIONADOS

Apesar do último lugar, Cláudia Pascoal agradece as mensagens de apoio

«O Jardim», interpretado pela vencedora do Festival da Canção e composto por Isaura, ficou em último lugar na final da Eurovisão, mas isso não parece desanimar Cláudia Pascoal.