ALERTA | Garrafas de cerveja vão ser recolhidas em Portugal devido a vestígios de vidro
Impala

ALERTA | Garrafas de cerveja vão ser recolhidas em Portugal devido a vestígios de vidro

«Esta medida preventiva foi tomada como forma de garantir a segurança de todos os consumidores»

O grupo Abheuser-Busch (AB Inbev) anunciou hoje que vai proceder à recolha voluntária da cerveja Stella Artois de 33 centilitros em Portugal devido à possibilidade de conter vestígios de vidro nas garrafas produzidas na Europa.

Em comunicado, a AB InBev salienta que a “qualidade é a prioridade máxima” e que “esta medida preventiva foi tomada como forma de garantir a segurança de todos os consumidores”.

LEIA MAIS: ALERTA | DECO denuncia torradeiras perigosas

Recolha limitada a garrafas de Stella Artois de 33 centilitros (cl)

O grupo acrescenta que a recolha está limitada a garrafas de Stella Artois de 33 centilitros (cl) e abrange apenas um dos fornecedores, responsável por parte da produção das garrafas de vidro descartáveis.

“Esta recolha tem impacto em menos de 10 paletes das garrafas de vidro de tara perdida de Stella Artois vendidas em Portugal anualmente”, acrescenta, explicando que esta iniciativa acontece “no seguimento da deteção de uma falha na embalagem de vidro em garrafas de 33 cl de tara perdida que podem fazer com que vestígios de vidro se rompam e caiam na cerveja”.

As garrafas potencialmente afetadas “foram produzidas por um dos nossos fornecedores de garrafas de vidro de tara perdida”, aponta a AB Inbev.

“A cerveja sujeita a esta recolha em Portugal refere-se às garrafas de Stella Artois com a data de validade de 25-04-2018 (produzida entre as 17:00 e as 23:59) e de 26-04-2018 (produzidas entre as 00:00 e as 04:00) que podem ser encontrados no rótulo das garrafas de 33 cl”, explica.

“Apesar do stock destas garrafas ser extremamente limitado e não se ter identificado nenhum caso na Europa, o lote de cerveja Stella Artois impactado é distribuído por todo o continente em países como: Bélgica, Holanda, Espanha, Chipre, Grécia, Ilha de Reunião, Malta, Portugal e Polónia”, refere.

LEIA TAMBÉM: DECO encontra substâncias fecais que «podem matar» em 80% da carne picada

Empresa toma medidas preventivas

A AB Inbev já realizou contactos com os distribuidores e parceiros locais no sentido de serem adotadas todas as medidas preventivas e consequente recolha do produto.

“A segurança de nossos consumidores é a nossa maior prioridade. Embora o número de garrafas de vidro potencialmente afetadas seja muito pequeno, estamos a recolher as garrafas exportadas de Stella Artois como medida de precaução”, disse Christina Choi, vice-presidente global da AB InBev, Stella Artois, citada no comunicado.

“A nossa equipa de especialistas técnicos está a trabalhar com os nossos fornecedores de garrafas de vidro para garantir que estas falhas sejam corrigidas”, afirmou a mesma responsável.

Os consumidores em Portugal que possuam as garrafas de Stella Artois assinaladas com os códigos de produção identificados devem contactar a linha de apoio ao cliente com o número 800 20 20 12.

“Qualquer consumidor que possua uma garrafa que se enquadre nas condições descritas para recolha será eleito para a devida compensação e é aconselhado a não consumir o produto potencialmente afetado”, termina a empresa, no comunicado.

ESPREITE AINDA: Deco alerta para ilegalidade da cobrança de faturas em papel pela Meo/Altice

 


RELACIONADOS

ALERTA | Garrafas de cerveja vão ser recolhidas em Portugal devido a vestígios de vidro

«Esta medida preventiva foi tomada como forma de garantir a segurança de todos os consumidores»