Pai da terapia de casal revela os 4 sinais de que a sua relação chegou ao fim
Impala

Pai da terapia de casal revela os 4 sinais de que a sua relação chegou ao fim

O psicólogo que inspirou a terapia de casal descobriu os quatro sinais que permitem saber se um casamento está à beira do fim. John Gottman acerta (quase) sempre! Saiba como.

Alguma vez se viu no meio de uma discussão acesa quando de repente a outra pessoa puxa do telemóvel e começa ler ou a escrever mensagens? Se a resposta é sim, e se a situação é constante, a sua relação pode estar à beira do fim.

Este comportamento é conhecido por stonewalling (falar para as paredes, ou obstrução) e é uma das quatro reações que John Gottman – psicólogo da Universidade de Washington e fundador do Instituto Gottman – identificou como sinais de que nem tudo está bem na sua relação.

LEIA MAIS: «Às vezes já não tenho forças para lhe dar amor» | Ana Afonso é mãe de um menino autista

Ao fazer esta descoberta, juntou-se ao colega Robert Levenson. Produziram um exercício – com questões, por exemplo, sobre satisfação na relação ou frequência de pensamentos sobre separação – e conseguiram prever quantos casamentos iriam acabar em divórcio e chamaram-lhe Estudo Sobre Dinâmicas das Relações e do Casamento. Resultado? Acertaram em 93 por cento dos casos estudados.

Nada de pânico

As quatro reações observadas na vida conjugal que permitem prever que o divórcio vem aí (com precisão de 93%, sublinhe-se) são, além da já assinalada obstrução, o desdém, a crítica e a defensiva.

Rever-se num ou em vários destes sinais não é motivo para franzir o sobrolho. O problema, advertem John Gottman e Robert Levenson, é quando estes comportamentos são frequentes.

LEIA MAIS: Apresentadora de A Tarde é Sua abandona estúdio em direto (vídeo)

Para chegarem a este exercício que prevê quase com total garantia o fim de uma relação, e consequente separação e divórcio, os psicólogos trabalharam ao longo de 14 anos.

Ao longo desta quase década e meia, um quarto dos casais observados separou-se mesmo enquanto a investigação decorria. No final, o Estudo Sobre Dinâmicas das Relações e do Casamento permitiu concluir que a rutura de uma relação está diretamente ligada a comportamentos negativos constantes e específicos. Saiba como identifica-los, a seguir.

Os 4 sinais de alarme para a sua relação

1. Menosprezo – «Não serves para nada»

Surge como uma associação de raiva com desgosto, e é mais perigoso do que a simples frustração. O parceiro é visto como inferior e Gottman classifica esta atitude de menosprezo para com o outro como o beijo da morte de uma relação.

2. Obstrução – Agarrar-se ao telemóvel

Impedir o diálogo pode ser tão fatídico para uma relação como o desprezo, como no exemplo do companheiro que se agarra ao telemóvel ou ao tablet, ignora ou até se levanta e sai para obstruir ou impedir uma conversa. Mesmo que uma discussão não seja pacífica, é muitas vezes o rastilho para resolver as coisas.

3. Criticismo – «Não fazes nada de jeito»

Criticar constantemente alimenta sentimentos negativos como o ressentimento e pode levar ao menosprezo ou até desprezo, que é mais grave. Criticar – quando por exemplo o outro se engana nas compras e traz o produto errado – acaba por transformar o outro num inútil.

4. Defensiva – “«Não tenho jeito para isso»

Fazer-se constantemente de vítima ou de incapaz – “Não sei lavar a louça como deve ser” – é colocar-se sempre à defesa. Embora assumir a responsabilidade evite piorar uma situação, é também uma forma de cortar o diálogo, o que é ainda mais negativo.

John Gottman | O pai da terapia de casal

John Gottman tem 74 anos é professor emérito em psicologia conhecido pelo trabalho que desenvolve na área da estabilidade marital e análise de relacionamentos através de observações e estudos diretos, muitos deles que viriam a servir de base para novas abordagens de tratamento inter-relacional, como por exemplo a terapia de casal.

Texto: Luís Martins; Fotos: Shutterstock e D.R.

LEIA MAIS: Truques de maquilhagem de Cristina Ferreira foram desmascarados

Mais

RELACIONADOS

Pai da terapia de casal revela os 4 sinais de que a sua relação chegou ao fim

O psicólogo que inspirou a terapia de casal descobriu os quatro sinais que permitem saber se um casamento está à beira do fim. John Gottman acerta (quase) sempre! Saiba como.