Impala

Rita Ferro Rodrigues Critica a escolha das apresentadoras para a Eurovisão

Apresentadora critica falta de «diversidade» nas escolhas para a apresentação do Festival Eurovisão da Canção 2018.

Rita Ferro Rodrigues, apresentadora da SIC e fundadora da plataforma feminista Capazes, criticou a escolha do painel de apresentadoras do Festival Eurovisão da Canção 2018.

«Vejamos: 2017 foram só homens a apresentar a final da Eurovisão, 2018 só mulheres. Nada a apontar. Grave é o facto de ambos os painéis serem compostos apenas por pessoas brancas. Por tudo o que isto significa ao nível das oportunidades e da representatividade. Falamos sobre isso?», escreveu.

Leia mais: Apresentadoras da Eurovisão reagem após anúncio público

No Twitter, Rita Ferro Rodrigues apontou o facto de, tanto em 2017, na Ucrânia, como em 2018, o painel de apresentação ser composto apenas por «pessoas brancas». As anfitriãs do certame serão Daniela Ruah, Catarina Furtado, Sílvia Alberto e Filomena Cautela.

E se fosse em Portugal?

Analisando os 63 anos de história do Festival Eurovisão da Canção, será possível aferir uma falta de diversidade na escolha dos apresentadores. Seguimos o raciocínio de Rita Ferro Rodrigues e fomos à procura de figuras públicas portuguesas que pudessem preencher os requisitos de «representatividade».

Espreite ainda: Daniela Ruah, a atriz portuguesa que conquistou a América

A Impala organizou-lhe uma galeria com as possíveis alternativas a Catarina Furtado, Daniela Ruah, Sílvia Alberto e Filomena Cautela. Veja aqui!

Fotos: D.R. e Impala

 

Veja mais aqui! www.novagente.pt


RELACIONADOS

Rita Ferro Rodrigues Critica a escolha das apresentadoras para a Eurovisão

Apresentadora critica falta de «diversidade» nas escolhas para a apresentação do Festival Eurovisão da Canção 2018.