Bruno de Carvalho ataca Cinha Jardim por causa de ex-mulher

O presidente do Sporting continua a atacar a ex-mulher, Cláudia Dias Gomes, com quem tem uma filha, Diana, de 3 anos.

Numa altura em que o Sporting vive um momento negro, que inclui  episódios de violência, derrotas, e rumores de depressão, Bruno de Carvalho volta a estar no centro das atenções devido a uma entrevista que deu ao jornal «Expresso». Inesperadamente, entre vários assuntos relacionados com a crise no Sporting, o presidente dos leões decidiu atacar Cinha Jardim. Bruno acusa a socialite de instrumentalizar a sua ex-mulher, Cláudia Dias Gomes.

«Acho que a amizade entre a minha ex-mulher e a Cinha Jardim é estranha, para ser simpático. É descabida», atirou, com a frieza habitual.

Esta não foi a primeira vez que a socialite foi atacada pelo presidente leonino. Em fevereiro, Cinha e Pimpinha Jardim teceram fortes críticas a Bruno de Carvalho, que não se deixou ficar. Ao que o «Correio da Manhã» avança, a amizade entre Cinha e Cláudia dura há mais de um ano, desde então a socialite tem sido o grande apoio da ex-mulher de Bruno.

LEIA MAIS: Bruno de Carvalho disse que deixava o Sporting se sentisse que estaria a comprometer o clube, vídeo

Recorde que Bruno de Carvalho trocou Cláudia Dias Gomes por Joana Ornelas, por quem se apaixonou nos corredores de Alvalade, mas não esquece a ex-mulher e faz questão de lhe deixar recados, já que se encontram em tribunal pela guarda da filha Diana.

A acção foi intentada pelo presidente de Alvalade, que diz querer estar mais tempo com a menina. Já Cláudia quer proteger a filha de todas as polémicas que envolvem o pai. Polémicas que são cada vez maiores e mais graves.

VEJA AINDA: Bruno de Carvalho vai mover processo contra Presidente da Assembleia da República


RELACIONADOS