Depois dos escandalos sexuais, Bill Cosby perde prémios

Decisão foi conhecida esta terça-feira através de uma nota divulgada pela imprensa norte-americana.

Vencedor de vários prémios ligados ao mundo da representação, tais como os os Kennedy e Mark Twain, Bill Cosby viu serem-lhe retirados parte dos seus galardões após ser conhecida a condenação por assédio sexual.

Em comunicado oficial, o Centro de Artes Kennedy justificou a retirada de todos os prémios dados ao ator devido à conclusão do inquérito judicial levado a cabo nos últimos meses, em Los Angeles.

«Os atos ofuscaram as suas conquistas»

«Como resultado da sua recente condenação, o conselho chegou à conclusão que os atos de Cosby ofuscaram as suas conquistas profissionais que estas distinções do Centro Kennedy procuram reconhecer», pode ler-se no documento divulgado, esta terça-feira, pelo jornal norte-americano New York Times.

Desde que estoiraram os vários casos de agressões sexuais a artistas de Hollywood, Cosby foi um dos atores que mais viu o seu nome envolvido naquele que já é considerado o maior escândalo sexual da história do Cinema.

RECORDE AINDA: Assédio fica para a história: Cristina nunca apaga comentários sexuais

No total, o artista foi acusado 57 crimes sexuais contra mulheres.

Fotos: Reuters

 


RELACIONADOS