Impala

Alan Ruschel Não consegue parar de chorar

O sobrevivente da tragédia do Chapecoense dá a primeira conferência de imprensa sobre a queda do avião

Alan Ruschel deu, este sábado, a primeira conferência de imprensa após o trágico acidente de avião na Colômbia, que vitimou 71 pessoas. Em lágrimas, o sobrevivente contou que trocou de lugar com um dirigente do clube, que viria a falecer. 

“Quando chegamos em Santa Cruz, pegaríamos o voo fretado e o Cadu pediu [para trocar]. Eu estava sentando mais atrás, o Cadu pediu para sentar na frente para deixar os jornalistas no fundo. Na hora eu não quis sair. Aí eu vi o Follmann e ele insistiu para sentar com ele. Saí de trás e fui sentar com o Follmann. É a parte que eu lembro”. 

Sem conseguir parar de chorar, o futebolista recordou os colegas mortos e falou em Deus. “Não tem palavras para explicar o que estou sentindo. É uma mistura de sentimentos, uma alegria grande por poder estar aqui de novo, sentado aqui. Mas ao mesmo tempo é um luto por ter perdido muitos amigos. Como eu postei foto esse dia, falando que seguirei em frente, honrando os que foram morar com deus. Honrarei seus familiares que aqui ficaram, que hoje estão sentindo a dor”, afirmou, garantido que quer voltar aos relvados em seis meses. “Farei de tudo para voltar a jogar, com muita paciência. Mas farei de tudo para dar alegria ao Plínio, aos médicos, farei de tudo para dar alegria a esse pessoal aqui”.

Foto: DR  


RELACIONADOS

Alan Ruschel Não consegue parar de chorar

O sobrevivente da tragédia do Chapecoense dá a primeira conferência de imprensa sobre a queda do avião