estado de espirito
Impala

Estado de espírito XL

O ditado “gordura é formosura” nunca fez tanto sentido como nos dias de hoje. O fenómeno Plus Size veio para ficar.

“Sinto-me muito feliz com o meu corpo!” É assim que Patrícia Saraiva reage quando perguntamos qual a relação que tem com a sua fisionomia. Esta jovem de 25 anos é modelo Plus Size e não esconde que já se sentiu discriminada a nível profissional por estar, para a sociedade, acima do peso dito ideal. “Há muito preconceito mesmo… Já senti que me tiraram-te fotos por favor”, conta de forma sentida. Apesar disso, Patrícia sempre respondeu de forma superior aos olhares e comentários menos positivos. “Sinto-me linda e maravilhosa no corpo que tenho. Vou à praia e não tenho qualquer problema em vestir fato de banho ou biquíni”, diz.

As medidas padrão Vs problemas de saúde

Katherine Oletriz, também ela modelo plus size é um caso diferente. Já foi vítima do estigma da magreza imposta nas agências de modelos e nos concursos de beleza. Foi eleita Miss Brasil Portugal há sete anos, numa altura em que era magra… mas uma pessoa infeliz. “Fui obrigada a emagrecer. Era dito isso. Se você não emagrecer você não tem chance de ganhar. Não só pela organização como um todo, mas pela sociedade à volta (…) como se o meu peso fosse determinante para uma mulher ser representante de algo”, refere. Essa imposição na luta contra as gordurinhas, provocou-lhe vários problemas de saúde. E a questão psicológica também foi afetada. “Foi terrível, porque tudo aquilo que tinha passado na minha adolescência voltou. Voltaram os distúrbios. Tomei tudo o que se imagina de medicação que não se vende em farmácias; o quase não comer, os exercícios físicos duros… não é saudável e psicologicamente e emocionalmente é destrutivo”, garante a jovem, que se dedicou de corpo e alma ao mercado XL. Esse fator fez com que a Katherine mudasse a sua vida por completo: “Foi o despertar de uma nova mulher”, conta-nos, orgulhosa. “Deixei de ter compulsão alimentar. Não tenho vergonha nenhuma de ir à praia e antes eu tinha pavor”, acrescenta.

Loja online para gordinhas

Por forma a mudar o panorama social em que vivem as mais gordinhas, foi criado o blogue Mulher XL. “Este blogue tem tudo o que tem a ver com moda Plus Size. Tentamos sempre passar uma mensagem positiva. Procuramos mensagens de superação, inspiração… tudo o que tem a ver com saúde”, revela-nos Cláudia Silva, uma das mentoras deste projeto. “Organizamos eventos, desfiles, sessões fotográficas… Queremos as pessoas fazerem sentir-se bem, independentemente do seu tamanho”, continua.

Como tal, e por forma a preencher a lacuna existente no mercado, no que diz respeito às roupas de tamanhos grandes, o Mulher XL vai criar algo inovador: após quase oito anos deste projeto, a maior comunidade Plus Size em Portugal surge agora com uma nova cara: uma loja online, com uma oferta variada de vestuário em tamanhos grandes, à distância de um clique, em www.mulherxl.pt

São cada vez mais as mulheres que dão “gritos de revolta” e assumem as suas verdadeiras curvas. Prova disso é a Grande Reportagem que a Impala News fez e que pode ver na nossa galeria. Entre connosco neste Estado de Espírito XL.

Reportagem: Andreia Costinha de Miranda
Vídeo: Afonso Santa Maria, Miguel Pedroso, Pedro Duarte e Ricardo Sousa Costa

Agradecimentos: Luís Nunes (fotografia), Sailing4You (veleiro), Anna Escobar (Assistente de Fotografia) Juca Dutra (maquilhagem), Fancy Jasmine by Jac Lin (Stylist – Miumiu, Hermès, Fantasie Swimwear Bra&Company, Alila Soori Hotels, Houndsditch, Ugg, Freya Lingerie, Freya Lingerie Bra&Company, Carrano, Dior, Magnólia, Traffic People, Customized Eric Javits)


RELACIONADOS