I´M FROM THE SEVENTIES

I´M FROM THE SEVENTIES

A minha irmã disse-me, há dias, que eu às vezes nem pareço “uma mulher moderna”. Eu também acho.

A minha irmã disse-me, há dias, que eu às vezes nem pareço “uma mulher moderna”. Eu também acho.

  • – Tenho sempre de fazer contas porque, para mim, 1990 foi há 10 anos.
  • – Detesto calças desbotadas e, pior, rasgadas.
  • – Não entendo a porcaria das ciclovias a atravancar os centros das cidades.
  • – Ainda acho que a Kim Wilde tem muita pinta.
  • – Sinto-me estúpida sempre que utilizo os termos “bué” e “fixe”.
  • – Tenho a certeza absoluta de que nunca vou deixar de comer carne.
  • – Vivo perfeitamente sem telemóvel (I know, it´s a shocker) – mas menos bem sem Facebook.
  • – Os homens que mexem com as minhas hormonas têm à volta de 50 anos – tipo o Simon Le Bon, o Clive Owen e o Javier Bardem.
  • – Ainda não percebi por que já não há aulas de Aeróbica nos ginásios.
  • – Sou constantemente apanhada pelo meu filho a curtir Prodigy no Youtube. De todas as vezes, ele fica aterrorizado porque acha que me transformei no Alien da Sigourney Weaver.
  • – Não consigo ler os números do meu cartão de cidadão, mesmo esticando totalmente o braço e fazendo olhinhos de míope.

Pronto, já chega!

anaPrista

Ana Prista | jornalista arrependida


ÚLTIMOS ARTIGOS