Ténis | Nadal já não é o número 1

Ténis | Nadal já não é o número 1

O tenista espanhol Rafael Nadal sofreu esta sexta-feira a primeira derrota em terra batida em cerca de um ano e deixará de ser número um mundial, ao perder no torneio Masters 1000 de Madrid com o austríaco Dominic Thiem.

O tenista espanhol Rafael Nadal sofreu esta sexta-feira a primeira derrota em terra batida em cerca de um ano e deixará de ser número um mundial, ao perder no torneio Masters 1000 de Madrid com o austríaco Dominic Thiem.

Nos quartos de final, o número sete mundial venceu por 7-5 e 6-3 e quebrou uma série de 21 encontros e 50 ‘sets’ vitoriosos do jogador maiorquino, que vai ceder a liderança do ‘ranking’ ao suíço Roger Federer.

Nadal terá, no entanto, oportunidade de recuperar o estatuto na próxima semana, se vencer o torneio de Roma, precisamente o palco da sua anterior derrota nesta superfície, na final do ano passado, face ao mesmo Dominic Thiem.

O austríaco, de 24 anos, foi o único a conseguir vergar Nadal em terra batida desde o seu regresso ao primeiro plano em 2017, coroado com a décima vitória em Roland Garros, segundo torneio do Grand Slam, em que não participou este ano.

Ao atingir os 50 ‘sets’ seguidos sem perder na mesma superfície, na quinta-feira, no triunfo sobre argentino Diego Schwartzman (6-3 e 6-4), o espanhol de 31 anos bateu o recorde que pertencia ao norte-americano John McEnroe, vencedor de 49 partidas consecutivas em piso duro, em 1984.

Na reedição da final de Madrid de 2017 – então favorável ao espanhol -, Nadal não encontrou solução para contrariar o ténis de Thiem, que se desforrou do desaire sofrido nos quartos de final de Monte Carlo no mês passado (6-0 e 6-2).

Nas meias-finais, Thiem defronta o sul-africano Kevin Anderson, oitavo do ‘ranking’ ATP.

 


RELACIONADOS

Ténis | Nadal já não é o número 1

O tenista espanhol Rafael Nadal sofreu esta sexta-feira a primeira derrota em terra batida em cerca de um ano e deixará de ser número um mundial, ao perder no torneio Masters 1000 de Madrid com o austríaco Dominic Thiem.