Sporting desmente que jogadores se tenham recusado a treinar
Impala

Sporting desmente que jogadores se tenham recusado a treinar

A polémica está instalada no Sporting depois do post de Bruno de Carvalho a arrasar os jogadores

Os jogadores do Sporting Clube de Portugal recusaram-se a treinar esta sexta-feira, dia 6, em Acolchete, está a avançar o Correio da Manhã.

Esta é um forma de protesto contra as polémicas afirmações de Bruno de Carvalho, após a derrota com o Atlético de Madrid. Os jogadores querem um pedido de desculpas mas tal não aconteceu.

«Coentrão e Dost não quiseram jogar em Alvalade», escreveu o dirigente no Facebook, entre outras críticas, que pode ler aqui.

Ainda na noite de ontem, o Presidente do Sporting entrou em direto na CMTV, onde manteve as duras palavras mas considerou que não arrasavam os jogadores.

O Sporting já veio desmentir em comunicado que tal tivesse ocorrido.

«O Correio da Manhã, na sua senda habitual de mentira e mau jornalismo militante, decidiu publicar nova falsidade. Desta vez é que os jogadores do Sporting CP se recusaram a treinar em Alcochete.

O caso é tanto mais grave, quanto um responsável editorial do CM contactou o assessor de imprensa do Futebol Profissional que, de pronto, desmentiu a informação errada e explicou que o treino sempre esteve programado para Alvalade, mal a equipa chegasse de Madrid.

Os jogadores utilizados ontem, fizeram treino de recuperação como é habitual, e os restantes treinaram normalmente, tendo saído todos de Alvalade por volta das 13h30.

É lamentável que o CM tenha dado eco a uma mentira e a uma calúnia, mais uma, veiculada por Rui Franco, alguém que nada tem que ver com a estrutura do Sporting Clube de Portugal, e que, afirmando-se sportinguista, é o mesmo que publicou recentemente nas redes sociais o desejo de ver o Sporting perder», pode ler-se.


RELACIONADOS