Impala

Rui Vitória acredita na passagem do Benfica aos oitavos da ‘Champions’

O treinador do Benfica, Rui Vitória, manifestou hoje o desejo de atingir os oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, acreditando que os ‘encarnados’ conseguirão derrotar o Nápoles, na terça-feira.

*** Serviço áudio e serviço vídeo disponíveis em www.lusa.pt ***



Lisboa, 05 nov (Lusa) – O treinador do Benfica, Rui Vitória, manifestou hoje o desejo de atingir os oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, acreditando que os ‘encarnados’ conseguirão derrotar o Nápoles, na terça-feira.


“Primeiro, esse feito é preciso consegui-lo. Nunca se ganha nada antes de trabalhar e lutar. Aquilo que já foi feito leva-me a pensar que temos algo a dizer nesta ‘Champions’. Vamos para jogo acreditando muito em nós [Benfica] e estamos convictos que vamos culminar com essa passagem. Em 15 jogos [de Liga dos Campeões] marcámos em todos e, praticamente, contra todos os adversários”, explicou.


Na conferência de imprensa de antevisão ao encontro com a equipa italiana, Rui Vitória elogiou os pupilos de Maurizio Sarri, reconhecendo que será um encontro bastante dividido.


“Amanhã [terça-feira] temos um jogo difícil e complicado, mas nós vamos com esta determinação, com uma convicção muito grande e nada invalida que sejamos demasiado atrevidos. Pela frente vamos encontrar um equipa da qualidade, que está no ‘top-3’ das equipas italianas. Vão discutir o jogo com o Benfica e dividi-lo em todo o campo”, reiterou.


O técnico das ‘águias’ deu ainda a receita para levar de vencido o líder do grupo B: “Temos de ter grandes níveis de concentração, de intensidade e uma determinação enorme. Temos que jogar no ‘red line'”.


Para Vitória o foco é o encontro com o Nápoles, alertando que o pensamento não deve estar no jogo em Kiev, entre Dínamo e Besiktas, em que uma derrota ou empate dos turcos apura o Benfica.


“É evidente, que se quisermos jogar dois [jogos] num só, estamos no caminho errado. Dependemos de nós, tal como o Nápoles e, no final faremos essas contas. Amanhã [terça-feira] é uma final e queremos muito ganhar”, reiterou.


Já o defesa Nélson Semedo confessou que se o Estádio da Luz estiver repleto de adeptos ‘encarnados’ a tarefa de vencer ficará mais fácil, sem nunca esquecer a dificuldades que poderão surgir.


“Vai ser um jogo complicado, mas vamos manter a nossa identidade. É mais uma final e faremos tudo para conseguir a vitória. Jogando em casa [estádio] cheia vamos estar à altura de responder à equipa do Nápoles. Penso que com eles [adeptos] será mais fácil conseguir o nosso objetivo”, referiu.


Tal como Rui Vitória, também o internacional português acredita na passagem aos ‘oitavos’ e assegura que a derrota [2-1] frente ao Marítimo já faz parte do passado.


“O jogo com o Marítimo está completamente ultrapassado e não vai influenciar nada no jogo de amanhã [terça-feira]. Estamos focados no Nápoles. Estão três equipas na luta pela passagem e uma dessas equipas vamos ser nós”, garantiu.


O Benfica, segundo classificado do grupo B, defronta o Nápoles, que está em primeiro, no Estádio da Luz, pelas 19:45, num encontro que será dirigido pelo árbitro espanhol António Mateu Lahoz.



AYCO/JYGO // NFO


Lusa/Fim


RELACIONADOS

Rui Vitória acredita na passagem do Benfica aos oitavos da ‘Champions’

O treinador do Benfica, Rui Vitória, manifestou hoje o desejo de atingir os oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, acreditando que os ‘encarnados’ conseguirão derrotar o Nápoles, na terça-feira.