Impala

Pedro Martins acredita na “resposta” do Vitória de Guimarães frente ao Chaves

O treinador do Vitória de Guimarães, Pedro Martins, disse hoje que a equipa está preparada para responder ao desaire em Tondela com um triunfo na receção ao Desportivo de Chaves, da 12.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Guimarães, Braga, 02 dez (Lusa) – O treinador do Vitória de Guimarães, Pedro Martins, disse hoje que a equipa está preparada para responder ao desaire em Tondela com um triunfo na receção ao Desportivo de Chaves, da 12.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.


O timoneiro vitoriano revelou que, durante toda a semana de preparação do encontro com os flavienses, agendado para as 20:15 de domingo, o plantel deu indicações de querer alterar rapidamente o que aconteceu na derrota com o Tondela (2-1), estando preparado para continuar no “rumo” que tem seguido.


“Continuamos a fazer um grande campeonato e vamos continuar neste rumo. Estamos todos unidos: estrutura, direção, jogadores, massa associativa. Portanto, o nosso caminho faz-se caminhando, com pontos, com vitórias e tenho a certeza que, no domingo, vamos dar essa resposta”, adiantou, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo.


O técnico considerou os transmontanos uma equipa boa, cuja “grande organização defensiva tem sido um pilar importante” para a época até agora realizada, mas reiterou que o Vitória vai jogar para ganhar, sem alterar a identidade, apesar de, em muitos momentos, poder vir a precisar de muita paciência.


“Estamos preparados para um jogo em que é necessário ter muita paciência, porque vamos encontrar em muitos momentos uma equipa organizada, sob o ponto de vista defensivo, e, em muitos momentos, em bloco mais baixo”, antecipou.


Pedro Martins referiu ainda, sobre o jogo com os beirões, que, após uma primeira parte menos conseguida, em que a possibilidade de subir ao terceiro lugar retirou o foco, a equipa deu uma respondeu na segunda parte que foi comprometida com “dois minutos de desconcentração”, o que mostra a necessidade de crescer em alguns aspetos.


Questionado sobre o rumor da saída do ponta de lança Soares para o Villarreal, sexto classificado da liga espanhola, o técnico considerou o interesse normal, pelo trabalho positivo que tem vindo a realizar, mas garantiu que o brasileiro, de 25 anos, e sabe qual o seu compromisso para com o grupo.


“Se, eventualmente, a transferência for boa para o clube e para o Soares, isso faz parte do mercado, mas o Soares está muito focado, está connosco e quer continuar da mesma forma, porque ainda tem um caminho pelo Vitória muito interessante pela frente”.


Pedro Martins endereçou também condolências à família de Nuno Greno, antigo membro da equipa técnica da equipa B, que morreu na terça-feira, com 23 anos, vítima de doença prolongada.


“Tive a oportunidade de o conhecer. Demonstrou sempre um grande carinho pelo Vitória. Até nos momentos mais difíceis, fez questão de vir cá. Isto também demonstra a grandeza do Nuno”, disse.


O Vitória de Guimarães, quinto classificado, com 20 pontos, recebe o Desportivo de Chaves, sexto, com 15, pelas 20:15 de domingo, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, em jogo que será dirigido pelo árbitro Bruno Esteves, da Associação de Futebol de Setúbal.



TYME // PA


Lusa/fim


RELACIONADOS

Pedro Martins acredita na “resposta” do Vitória de Guimarães frente ao Chaves

O treinador do Vitória de Guimarães, Pedro Martins, disse hoje que a equipa está preparada para responder ao desaire em Tondela com um triunfo na receção ao Desportivo de Chaves, da 12.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.