Manchester United, de Mourinho, anula primeiro 'match point' do City
Impala

Manchester United, de Mourinho, anula primeiro ‘match point’ do City

O Manchester City falhou hoje a primeira oportunidade para selar o seu quinto título de campeão inglês de futebol, ao perder em casa com o Manchester United por 3-2, depois de liderar por 2-0, na 33.ª jornada.

Redação, 07 abr (Lusa) — O Manchester City falhou hoje a primeira oportunidade para selar o seu quinto título de campeão inglês de futebol, ao perder em casa com o Manchester United por 3-2, depois de liderar por 2-0, na 33.ª jornada.


Necessitado de vencer para celebrar já hoje o cetro, com seis jogos por disputar, o City chegou ao intervalo com uma vantagem confortável, face aos tentos do belga Vincent Kompany, aos 25 minutos, e do alemão Ilkay Gundogan, aos 30.


A festa parecia certa, mas, na segunda parte, um ‘bis’ de rajada do francês Paul Pogba, aos 53 e 55 minutos, ‘gelou’ o Etihad, que ‘desesperou’ aos 69, quando, após um livre do chileno Aléxis Sanchez, Chris Smalling fez o 2-3.


Na parte final, o City, ainda marcado pelo 0-3 a meio da semana no reduto do Liverpool, para a primeira mão dos ‘quartos’ da Liga dos Campeões, tentou chegar ao empate, para poder sonhar, mas não o conseguiu, também porque o árbitro não viu um penálti claríssimo sobre o regressado Agüero, aos 78 minutos.


Com este resultado, o conjunto de Pep Guardiola vai ter de esperar para festejar, sendo que parece uma questão de tempo, pois os ‘citizens’ somam 84 pontos, contra 71 do Manchester United, que reforçou o segundo lugar.


Além do triunfo, os ‘red devils’ beneficiaram do empate a zero do Liverpool no dérbi da cidade dos Beatles, no reduto do Everton, para reforçarem a vice-liderança.


O conjunto de Jürgen Klopp foi também alcançado pelo Tottenham que venceu por 2-1 no campo do Stoke City, numa ronda em que o Swansea, de Carlos Carvalhal, somou mais um valioso ponto, no terreno do West Bromwich, mantendo-se quatro pontos acima da zona de descida.


A passar por uma excelente fase, o dinamarquês Christian Eriksen foi a figura do Tottenham, ao marcar dois golos, aos 52 e 63 minutos. Pelo meio, aos 57, o senegalês Mame Diouf ainda deu alguma esperança ao Stoke City, que continua no penúltimo lugar, a quatro pontos da salvação.


Na casa do último classificado, o Swansea chegou a estar a perder, quando Jay Rodriguez, aos 54 minutos, colocou o West Bromwich na frente, mas Tammy Abraham, aos 75, refez a igualdade e deu um ponto à formação de Carvalhal, que continua sem poder contar com Renato Sanches, lesionado.


Com Adrien Silva a tempo inteiro, o Leicester foi surpreendido em casa pelo Newcastle, que venceu por 2-1 com golos de Shelvey, aos 18 minutos, e do espanhol Perez, aos 75. Vardy reduziu a diferença, aos 84.


Bournemouth e Crystal Palace empataram (2-2), assim como Brighton e Huddersfield (1-1), enquanto o Burnley foi vencer a casa do Watford, por 2-1, e continua na luta pelas competições europeias.



PFO (LG) // PFO

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Manchester United, de Mourinho, anula primeiro ‘match point’ do City

O Manchester City falhou hoje a primeira oportunidade para selar o seu quinto título de campeão inglês de futebol, ao perder em casa com o Manchester United por 3-2, depois de liderar por 2-0, na 33.ª jornada.