José Mourinho não escapa. Vai pagar 800 mil euros ao fisco espanhol

José Mourinho não escapa. Vai pagar 800 mil euros ao fisco espanhol

O treinador português declarou-se culpado e alcançou um acordo para terminar de vez o seu processo de fraude fiscal em Espanha.

Cerca de 800 mil euros de multa para anular uma pena de prisão de 12 meses, conta esta terça-feira o jornal espanhol El Mundo que o acordo está próximo de ficar assinado e devidamente formalizado nas próximas semanas. José Mourinho terá admitido que cometeu “delitos fiscais” relacionados com lucros de direitos de imagem vindos de empresas sediadas em paraísos fiscais que rondam os três milhões de euros.

A infração ocorreu entre 2011 e 2012, quando treinava o Real Madrid. Na altura, o técnico português, agora em Inglaterra a orientar o Manchester United, omitiu essas receitas na sua declaração fiscal.

LEIA MAIS: Cristiano Ronaldo | Fisco quer 30 milhões de euros para encerrar o processo

A acusação chegou em julho de 2015 e aí aceitou pagar uma coima a ultrapassar o milhão de euros. Aí, José Mourinho e os seus advogados ainda tentaram chegar a um acordo para arquivar o caso a troco de 4,4 milhões de euros.

Mais tarde, devido a uma investigação da Football Leaks [publicação digital que revela vários dados do mundo do futebol], o ministério público espanhol reabriu o caso e Mourinho terá chegado a acordo com mais este pagamento.


RELACIONADOS