Impala

FC Porto aproveita derrota do Sporting e mantém perseguição ao Benfica

O FC Porto venceu o Desportivo de Chaves (2-1) e mantém a perseguição ao líder Benfica, com menos um ponto e mais um jogo em relação aos ‘encarnados’, aproveitando da melhor forma a ‘escorregadela’ do Sporting.

Redação, 19 dez (Lusa) – O FC Porto venceu hoje o Desportivo de Chaves (2-1) e mantém a perseguição ao líder Benfica, com menos um ponto e mais um jogo em relação aos ‘encarnados’, aproveitando da melhor forma a ‘escorregadela’ do Sporting.


Depois da derrota com o Sporting de Braga (1-0), no domingo, os ‘leões’ estão agora a sete pontos dos ‘dragões’, que, com a vitória de hoje, somam 34 pontos na prova, menos um do que o Benfica, embora somem mais um jogo que os adversários diretos pelo título.


Os ‘encarnados’ venceram, no sábado, o Estoril por 1-0, com um golo de grande penalidade do mexicano Jiménez,mantendo-se na frente da prova.


A equipa de Nuno Espírito Santo até começou a perder, depois de um golo de Rafael Lopes, aos 13 minutos, mas golos do belga Depoitre e de Danilo Pereira, aos 72 e 77 minutos, respetivamente, consumaram a ‘reviravolta’ dos homens da casa.


Com o ‘interino’ Carlos Pires ao comando dos transmontanos, depois da anunciada saída de Jorge Simão para o comando do Sporting de Braga e enquanto Ricardo Soares (ex-Vizela) não assume a equipa, os visitantes mostraram-se atrevidos e bem organizados na primeira parte, mas acabaram por ver os homens da casa virar o resultado com uma segunda parte de nível.


Antes, o Marítimo somou o terceiro triunfo seguido em casa, ao derrotar o Feirense por 2-0, e acentuou o mau momento da equipa de José Mota, que perdeu pela sexta vez consecutiva e se encontra numa série de dez jogos sem ganhar.


Dois golos do defesa-central Maurício, aos 23 e 40 minutos, ‘selaram’ a vitória dos insulares, que ultrapassaram o Desportivo de Chaves no sétimo lugar, embora tenham mais uma partida realizada do que os transmontanos.


A derrota do Feirense deixa a equipa no 17.º e penúltimo lugar da tabela com 11 pontos, mais um do que o Tondela, que no domingo empatou a uma bola com o Boavista, e os mesmos que Nacional e Moreirense.


Os minhotos perderam, no sábado, em casa com o Arouca (4-1), que teve em Jorginho Íntima o grande destaque, com um ‘hat-trick’, contribuindo para a subida dos visitantes ao 10.º lugar da tabela.


O Arouca ultrapassou o Belenenses, que na sexta-feira perdeu em casa do Paços de Ferreira, formação que conquistou os três pontos e a 11.ª posição graças ao golo solitário de Welthon (50).


No ‘duelo’ de Vitórias, os vimaranenses levaram, no domingo, a melhor, ao vencerem os de Setúbal por 3-1, com golos de João Pedro (32 minutos), Raphinha (72) e Hernâni (79), de nada valendo o tento do sadino Edinho, aos 70, um resultado que segurou o quinto lugar face à aproximação do Rio Ave.


No mesmo dia, os vila-condenses venceram em casa o Nacional por 2-1, com um autogolo do egípcio Aly Ghazal e um tento do croata Krovinovic a darem a liderança aos homens de Luís Castro, tendo ainda o Nacional reduzido pelo brasileiro Willyan (72).



SIYF // VR


Lusa/fim


RELACIONADOS

FC Porto aproveita derrota do Sporting e mantém perseguição ao Benfica

O FC Porto venceu o Desportivo de Chaves (2-1) e mantém a perseguição ao líder Benfica, com menos um ponto e mais um jogo em relação aos ‘encarnados’, aproveitando da melhor forma a ‘escorregadela’ do Sporting.