Sporting: Em pânico, família de Jorge Jesus decide mudar de casa após agressões

Sporting: Em pânico, família de Jorge Jesus decide mudar de casa após agressões

Depois de Jorge Jesus ter sido agredido com um cinta na cara e pontapeado em diversas partes do seu corpo, a família do treinador teme pela sua segurança

Jorge Jesus, juntamente com vários jogadores da equipa principal e elementos da equipa técnica do Sporting foi agredido na passada terça-feira, dia 15 de maio, quando cerca de 50 «adeptos» de cara tapada invadiram as instalações da Academia do Sporting, em Alcochete. Pontapeado em várias partes do corpo e agredido com um cinto no rosto, o treinador dos leões deixou os familiares extremamente preocupados com a segurança do próprio e da família também.

LEIA TAMBÉM: Ataque na Academia do Sporting: «Vamos matar-vos! Não ganhem no domingo que vão ver»

Ivone, a mulher de Jorge Jesus, recusou-se a passar a noite na vivenda do casal, na zona de Marisol, na Costa da Caparica. De acordo com o Correio da Manhã, a companheira do treinador quer mesmo mudar de casa. Na última noite, Ivone terá ficado a dormir em casa de uma prima. O casal já terá equacionado a contratação de seguranças.

Jorge Jesus tem outra casa no Estoril, em Cascais, um apartamento de luxo T4, adquirido em 2015. O imóvel foi comprado como um investimento, no entanto poderá ser uma alternativa viável para a família viver nos próximos tempos, tendo em conta que se encontra desocupado e, sendo um condomínio privado, tem uma segurança mais apertada.

Mauro é o único filho de Jorge Jesus e Ivone que ainda vive com os pais.

VEJA AINDA: Caso Sporting: Agressões e mortes de jogadores de futebol em vários países do mundo

 

 


RELACIONADOS

Sporting: Em pânico, família de Jorge Jesus decide mudar de casa após agressões

Depois de Jorge Jesus ter sido agredido com um cinta na cara e pontapeado em diversas partes do seu corpo, a família do treinador teme pela sua segurança