Bruno de Carvalho arrasa jogadores do Sporting no Facebook

Bruno de Carvalho lamentou os “erros grosseiros” de futebolistas experientes como Coates e Mathieu na derrota do Sporting frente ao Atlético de Madrid (2-0), na primeira mão dos quartos de final da Liga Europa.

Bruno de Carvalho lamentou hoje os “erros grosseiros” de futebolistas experientes como Coates e Mathieu na derrota do Sporting frente ao Atlético de Madrid (2-0), na primeira mão dos quartos de final da Liga Europa.

“Viver um jogo de longe custa muito mais, mas ver erros grosseiros de jogadores internacionais e experientes ainda acrescenta mais ao sofrimento”, escreveu na rede social Facebook o presidente do Sporting, que não se deslocou a Madrid com a equipa por causa do nascimento iminente da filha.

No texto, Bruno de Carvalho separa o que queria ter visto no estádio do Atlético Madrid, que era “uma equipa concentrada, com atitude e compromisso, defensivamente irrepreensível e com faro de golo, uma equipa de 11 a superarem-se e a tornarem-se 22”, daquilo que viu na realidade.

Do que viu, começa por elogiar a atitude da equipa no seu todo, mas critica uma defesa que “não esteve concentrada” e dois centrais que “fizeram o que os avançados do Atlético Madrid não conseguiram, um resultado de 2-0 a surgir sem nada terem feito para isso, a não ser (e não é pouco) marcarem”.

Bruno de Carvalho também viu Gelson, aos 32 minutos, isolado frente a Oblak a tentar “colocar em jeito, mas sem força, para o lado direito em vez de ‘fuzilar’ para a esquerda, perdendo um golo que já quase se gritava”.

“De 11, em vez de 22, como queria, fomos 9, muitas vezes, e isso paga-se caro…”, escreveu o presidente ‘leonino’, para quem Fábio Coentrão e Bas Dost “não quiseram jogar” na segunda mão, com faltas para amarelo que “nunca poderiam ter feito”.

Bruno de Carvalho destacou ainda as falhas na concretização de Coates, “isolado e desconcentrado, a fazer um passe para Oblak [guarda-redes dos ‘colchoneros’] em vez de rematar”, e de Montero, que falhou “um golo feito”, aos 90+2 minutos, ao “rematar para o céu quando só se pedia um simples encosto”.

“O Sporting demonstrou que tem equipa para fazer mais, mas não o fez, e agora, em vez de podermos resolver mais fácil em Alvalade, resta-nos sonhar com a reviravolta. É possível? É! Era necessário este resultado de hoje? Não!”, escreveu.

Bruno de Carvalho criticou ainda o árbitro russo Sergei Karasev que há quatro anos prejudicou o Sporting frente ao Schalke 04, em jogo da Liga dos Campeões Europeus, a considerar que “as mãos e a cara continuam a confundir os russos”, numa alusão a um penálti que assinalou contra os ‘leões’ em Gelsenkirchen por uma bola que bateu na cara do lateral esquerdo argentino Jonathan Silva.

O lidero ‘leonino’ falou ainda de “critérios disciplinares diferentes” do juiz russo, dando o exemplo de uma falta pelas costas de um jogador do Atlético Madrid aos 87 minutos que devia ter dado cartão amarelo.


RELACIONADOS

Bruno de Carvalho arrasa jogadores do Sporting no Facebook

Bruno de Carvalho lamentou os “erros grosseiros” de futebolistas experientes como Coates e Mathieu na derrota do Sporting frente ao Atlético de Madrid (2-0), na primeira mão dos quartos de final da Liga Europa.